Vinicios Cardozo, Advogado

Vinicios Cardozo

(3)Curitiba (PR)
20seguidores7seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Vinicios Cardozo, advogado criminalista
- Bacharel em Direito pelo Centro Universitário Autônomo do Brasil - UNIBRASIL;

- Pós graduando em Direito e Processo Penal em Academia Brasileira de Direito Constitucional - ABDCONST;


- Sócio proprietário do Cardozo, Bueno & de Aguiar - advogados associados.


- Advogado criminalista.

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 33%

É o ramo do direito público dedicado às normas emanadas pelo Poder Legislativo para reprimir os d...

Trânsito, 33%

É a utilização das vias por veículos motorizados, veículos não motorizados, pedestres e animais, ...

Direito Processual Penal, 33%

É o ramo de estudo tradicionalmente voltado à a atividade de jurisdição de um Estado soberano no ...

Primeira Impressão

(3)
(3)

3 avaliações ao primeiro contato

Direito do Consumidor

Direito do Trabalho

Direito Previdenciário

Comentários

(12)

Recomendações

(19)
Renato Batista de Paula
Renato Batista de Paula
Comentário · há 5 meses
Vinícius Cardozo,

Seu texto é um primor no que tange a nos esclarecer acerca do significado primário da enquete, qual seja: demonstrar em sede de ética médica qual seria o comportamento esperado de um profissional de saúde diante de um paciente em estado de emergência e de outro que não apresenta risco de morte. Aplausos! O senhor nos explicou com muita coerência e maestria. É isso mesmo!

Mas me parece que Vossa Senhoria ficou apenas no "saguão" da enquete, e não percebeu o que estava "escrito" nas entrelinhas - a ideia de que o criminoso é um coitadinho, um produto defeituoso que foi produzido por esta sociedade capitalista; enquanto que o Estado, na figura da instituição Polícia, nada mais é do que um organismo fascista, violador dos direitos humanos (talvez não na medida do vice-presidente de Direitos Humanos do Estado de São Paulo, preso esta semana por elaborar listas com nomes de agentes penitenciários e seus familiares para serem mortos pelo PCC).

Acredito eu, talvez em minha pouca erudição, que a enquete teria sido bem mais completa, em sua essência, se os personagens fictícios fossem outros.

Pensemos então num crime de estupro onde uma jovem é atacada por um homem de meia idade. Uma viatura policial passa e percebe algo errado mesmo instante em que a jovem sai gritando por socorro, pois havia sido violada sexualmente.

O estuprador, ao perceber a viatura sai correndo mas é atropelado logo em seguida. Ambos são levados ao nosocômio. Para surpresa do chefe de equipe médica de emergência, o homem em estado grave é o estuprador de sua filha de 16 anos.

Aí a apresentadora pergunta: "Você, no lugar do médico, atenderia o homem que estuprou sua filha, em cumprimento ao ordenamento jurídico bem como ao que prescreve a ética médica, ou ficaria inerte mesmo estando ele em estado grave"?

De qualquer forma, meu caro, seu texto é belíssimo.

Perfis que segue

(7)
Carregando

Seguidores

(20)
Carregando

Tópicos de interesse

(13)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Curitiba (PR)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Vinicios Cardozo

Rua Reinaldo Meira / 1151 F - Piraquara (PR) - 83305-100

Rua Reinaldo Meira / 1151 F - Paraná (Estado) - 83350-100

(041) 3589-64...Ver telefone

(041) 9 9899--42...Ver telefone

Entrar em contato